Modalidades

Ao longo dos anos, resultados de diversos centros de pesquisas internacionais têm apontado para o acentuado declínio de massa muscular que é decorrente com o envelhecimento. A perda de massa e força muscular, à medida que envelhecemos, é potencialmente debilitante e pode dificultar a nossa capacidade de realizar algumas das atividades funcionais mais básicas, como por exemplo, caminhar, subir degraus, ou simplesmente levantar-se de uma cadeira.
Um fato importante para o bem estar é a atividade física que é muitas vezes esquecida não só entre segmentos da população em geral e entre elas destaca-se a essencial e base para o bom desenvolvimento do corpo humano: A musculação. Assim sendo, as pesquisas que apontam para os benefícios fisiológicos que decorrem após a iniciação desta atividade são fascinantes, e podem dar esperanças para as pessoas encararem a terceira idade com maior grau de otimismo.

Dessa forma, o programa de musculação bem planejado dentro de um grupo de atletas de elite oferece benefícios fisiológicos, entre eles, o desenvolvimento da potência máxima, de força, da resistência muscular e da prevenção de lesões, que são mais do que reconhecidos dentro da área da fisiologia do exercício. As mesmas vantagens podem também ser acarretadas por outros grupos de praticantes.
Notavelmente, um programa de musculação bem estruturado realizado até mesmo num curto período de tempo como por exemplo de 3 a 4 meses pode inicialmente ajudar tanto os homens como as mulheres a recuperarem 10% de suas perdas de massa muscular.

Desse modo, como o trabalho de musculação age como um antídoto contra os declínios da força muscular, que é um dos fatores que predispõe os idosos a um maior risco de quedas, que consequentemente podem ocasionar lesões graves (como por exemplo a fratura do quadril), ele deveria ter uma função primordial no dia a dia das pessoas. De fato, tal modalidade física pode ser um elemento valioso dentro de um plano de prevenções de quedas.
Além disso, os benefícios que resultam de tal atividade física não são apenas específicos à recuperação da massa muscular. Há muitos estudos que demonstram que a musculação, praticada por pessoas de diversas idades, incluindo até mesmo as com idades mais avançadas, é capaz de manter a densidade mineral óssea de forma mais eficiente, tem melhor resultado nos parâmetros de composição corporal e melhora o quadro de pessoas diagnosticadas com o pré-diabetes.

Esqueça qualquer mito. A musculação é uma excelente opção para as mulheres, com muitos benefícios corporais. Nada de ficar masculinizada ou qualquer exagero como esse. Pelo contrário, com disciplina, é possível um bom e discreto resultado muscular, com a hipertrofia apenas para quem se dedicar a isso.
O treino para definição muscular e hipertrofia não é simples e costuma ser bem pesado, mas com tempo os benefícios aparecem. A alimentação específica é muito importante para adquirir massa e em alguns casos, os suplementos alimentares são necessários.

Para quem quer perder peso, a musculação é excelente para gastar calorias, com dieta balanceada e orientação do nutricionista. Dessa forma é possível emagrecer, queimando gordura. E é importante saber que musculação não atua transformando a gordura em músculos, pois são tecidos diferentes.
Fato é que a musculação traz ganho da massa magra, e maior a quantidade de músculos, o metabolismo é mais acelerado; em repouso, há maior gasto de energia. A prática melhora o condicionamento físico, sendo que os músculos ficam mais fortes, com articulações bem resistentes. E a prática proporciona esforço intenso que tem relação com o coração. Com o fortalecimento dos músculos, a pressão arterial e frequência cardíaca quando em esforço se elevam menos. E além da questão estética corporal, essa prática leva a um sono melhor, ajudando também na postura e retardo do envelhecimento.
E a procura pelas mulheres também é justificada pelo efeito amenizador da celulite, com aumento da massa muscular que faz a pele por cima do músculo ficar lisa. Apenas reduzir a gordura não é solução, pois há possibilidade de flacidez, e com os exercícios de peso, se evita a flacidez e os músculos ficam mais definidos.

Atualmente o horário das academias, no geral das 6 horas até 22 horas facilita e muito a musculação incorporada na rotina. Com o tempo, o corpo se acostuma e a prática se torna mais tranquila e viciante. Muitas vezes, as pessoas acabam ficando mais cansadas quando não praticam do que nos dias de treino.
Pra encerrar, vale dizer que é muito importante para qualquer atividade física a orientação do médico e exames, e também do profissional adequado para guiar a série com foco e de acordo com a característica individual. E a disciplina é fundamental, pois com a paciência e esforço necessários é possível, para as mulheres, aliar a musculação em busca de maior qualidade de vida e de um belo corpo.